Juíza é afastada após ser acusada de ter feito sexo a três dentro de um tribunal

Uma juíza da Vara de Família de Kenton (Kentucky, EUA) foi suspensa após ser acusada de fazer sexo a três (com um homem e uma mulher) no próprio tribunal.
A suspeita de relação sexual imprópria foi o último imbróglio envolvendo a juíza Dawn Gentry. Ela também é acusada de coagir funcionários da Justiça a trabalharem na sua campanha eleitoral, permitir o consumo de bebida alcoólica na vara, deixar que os filhos acompanhassem na corte procedimentos sigilosos, contratar garoto de programa e permitir que um funcionário, que fora pastor, cantasse e tocasse guitarra no tribunal. Dawn nega todas as acusações, contou a NBC News.
No caso do sexo a três, o participante masculino seria o ex-pastor. A mulher envolvida seria uma outra funcionária do tribunal. A juíza foi eleita em novembro de 2018. O afastamento, que durará cerca de dois meses, poderá ser definitivo após análise de um painel sobre o caso.

Recomendado para você

Author: Redação Tuntum

Redação Tuntum News últimas notícias do Tuntum News, notícias de última hora e notícias atuais, além de notícias do blog de Tuntum Maranhão, Brasil e do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *