Mulher e morta por denunciar tráfico de drogas em Vila Velha

O assassinato de Lucia Costa Dutra, de 55 anos, em agosto deste ano em Vila Velha, pode ter sido motivado por denúncias feitas pela vítima sobre a movimentação do tráfico no bairro Alvorada, segundo informações da Delegacia Especializada de Proteção à Mulher (DHPM). Um dos indícios que levaram a polícia a levantar a hipótese foi uma pixação encontrada na casa de Lucia, feita após o crime, em que foi escrito “X9”, termo utilizado para apontar quem delata ocorrências criminosas.

Ezequiel, suspeito de matar Lucia Costa Dutra, é preso no Rio de Janeiro. Crédito: Divulgação | Polícia Civil

Um dos suspeitos de matar Lucia e chefiar o tráfico no bairro Alvorada, Ezequiel Schimitt Dias, de 29 anos, foi preso no Rio de Janeiro na última quinta-feira (12). Segundo a delegada Raffaella Almeida, os investigados acreditavam que a vítima estaria trazendo prejuízos à organização. “Foram vários ‘derrames’ no grupo, então acreditaram que ela passava informações para a Polícia. A prisão de Ezequiel foi um recado nosso de que não iremos tolerar que mais pessoas que contribuem com as investigações policiais sejam mortas”, afirmou.

Suspeito de matar mulher e chefiar tráfico em Alvorada é preso no Rio. Crédito: Divulgação | Polícia Civil

Uma equipe da DHPM do Espírito Santo foi deslocada para a capital fluminense na última semana, já que as investigações apontavam que Ezequiel, vulgo Kel, teria ido para o município após a prisão de José Roberto, conhecido como “Perna”, também preso pelo assassinato de Lucia, em outubro deste ano. No Rio de Janeiro, a prisão de Kel foi realizada na subida do morro do Dendê, com auxílio da polícia carioca. No momento da prisão, ele portava documento falso e trabalhava como motorista de van. O mandado de prisão de Ezequiel é temporário.

Recomendado para você

Author: Redação Tuntum

Redação Tuntum News últimas notícias do Tuntum News, notícias de última hora e notícias atuais, além de notícias do blog de Tuntum Maranhão, Brasil e do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *