Tuntum MaranhãoPrefeitura de Tuntum

FAKE NEWS: Prefeito Dr. Tema não está na Argentina, como publicou blog, mas sim na Bahia; recursos da Cessão Onerosa não é para pagar funcionários, é para investimentos.

O prefeito de Tuntum, Dr. Tema, foi surpreendido no dia de hoje (31) com mais uma informação fake news sobre a sua pessoa, veiculada em um blog. A inverdade, que tem o intuito de denegrir sua imagem perante a sociedade, diz que ele viajou para Argentina.

Tuntum News 1 de janeiro de 2020
O prefeito, em contato com a redação do blog, disse que está na Bahia com sua esposa. Ele afirmou que tirou somente três dias para descansar um pouco. “Tudo não passa de fake news para tentar enganar a população passando uma outra imagem da minha pessoa. Estou na Bahia, vim passar três dias aqui com a Daniella. Vim recarregar as baterias para continuar a luta pelo meu povo, mas sexta-feira (03) já estou de volta”, afirmou.

A matéria fake news ainda ressalta que os recursos recebidos, ontem (30), da Cessão Onerosa (recursos do Pré-Sal), seriam o suficiente para pagar todos funcionários, mas que o prefeito em vez de fazer isso, preferiu viajar à Argentina. Acontece que os recursos da Cessão Onerosa, segundo a lei que faz sua distribuição, define sua obrigatoriedade de uso em investimentos previdenciários ou com despesas de investimentos, principalmente a realização de obras, que na verdade é o que pretende fazer o prefeito.

– Os recursos da Cessão Onerosa, que são aqueles do leilão do Pré-Sal, eles são proibidos por lei o seu uso para o pagamento de folha ou de funcionários. Ele terá sua aplicação exclusiva, principalmente, para a execução de obras, e é isso que vamos fazer para melhorar a vida dos tuntunenses, disse o prefeito.

Preocupado e até já chateado com as constantes inverdades que estão sendo publicadas com o seu nome, Dr. Tema disse que irá acionar sua assessoria jurídica e processar civilmente pelos crimes de calúnia e difamação o autor da devida publicação. “Já vou acionar a minha assessoria jurídica e vamos responsabilizar civilmente o autor que publicou essas mentiras, pelos crimes de calúnia e difamação, pois esse veículo vai ter que provar que viajei para a Argentina, concluiu.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios